Maduro pode ser alvo de ‘ataques’ de Bolsonaro após confirmação de óleo venezuelano nas praias do Nordeste

    0
    273

    BRASÍLIA, DF (POLÍTICA A JATO) – Jair Bolsonaro pode usar o resultado das investigações da Petrobrás e da Marinha sobre a mancha de óleo no litoral nordestino para atacar o governo Nicolás Maduro.

    As investigações apontam que o poluente identificado nos 138 pontos nos 8 estados do Nordeste tem a ‘assinatura’ do óleo da Venezuela.

    Ainda nesta terça-feira (08), o presidente chegou a afirmar que não está descartada a possibilidade de ter sido uma ação criminosa.

    Caso isso se confirme, o governo de Nicolás Maduro sofrerá “ataques” mais incisivos do presidente brasileiro que poderá desestabilizar ainda mais a relação entre os dois países.

    Aliado ferrenho do presidente dos Estados Unidos, Jair Bolsonaro sempre que pode alfineta o regime ditatorial do presidente venezuelano.

    Com essa possibilidade na iminência de ser confirmada, ele poderá ter motivos a mais para isso.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui