MP diz que ainda é cedo para imputar algum crime contra Dr. Gilberto

    0
    323

    SERGIPE, (POLÍTICA A JATO) – O GAECO do Ministério Público de Sergipe realizou mais uma fase da Operação Metástase.

    O terceiro desdobramento teve como alvo a residência do ex-gestor do Hospital de Cirurgia e pai do prefeito de Dores, Dr. Gilberto dos Santos.

    Um dos responsáveis pela operação, o promotor Diego Gouveia, afirmou que ainda é cedo para imputar algum tipo de crime e é temerário tornar alguém réu porque o MP ainda está em fase investigativa.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui