MP investiga prefeito de Porto da Folha por possível crime de apropriação indébita previdenciária

    0
    943

    PORTO DA FOLHA, SE (POLÍTICA A JATO) – Uma notícia de fato foi registrada no Ministério Público Estadual sob a alegação de que o prefeito Miguel de Dr. Marcos estaria cometendo crime de apropriação indébita previdenciária na prefeitura de Porto da Folha, interior de Sergipe.

    Narra a notícia que a prefeitura recolhe dos funcionários efetivos a contribuição previdenciária, mas não repassa para o INSS. Ainda segundo a denúncia, o fato ocorre desde o ano de 2017.

    O MP está realizando diligências no sentido de levantar todas as provas necessárias, para posteriori, demandar judicialmente o prefeito da cidade.

    Caso as informações sejam confirmadas pelo órgão ministerial, o gestor do município poderá responder pelo crime de improbidade administrativa.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui