Roberto Alvim é demitido da Secretaria da Cultura após propaganda nazista

    0
    338

    BRASÍLIA, DF (O POVO ONLINE) – O presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir o secretário de Cultura, Roberto Alvim, após a polêmica referências ao nazismo em vídeo divulgado nas redes sociais. Segundo informações de O Estado de S. Paulo, auxiliares próximos de Bolsonaro disseram que a situação de Alvim ficou “insustentável”.

    A Confederação Israelita do Brasil (Conib) lançou nota na manhã desta sexta-feira, 17, dizendo ser “inaceitável o uso de discurso nazista” pelo secretário da Cultura, Roberto Alvim.

    Em vídeo de lançamento do Prêmio Nacional das Artes, nesta quinta-feira, 16, ele parafraseou famoso discurso do ministro da Propaganda de Adolf Hitler, Joseph Goebbels. 

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui