Covid-19: MP apura aglomerações em festas residenciais sem nenhuma medida de segurança, em Glória

0
310

GLÓRIA, SE (POLÍTICA A JATO) – O Ministério Público de Sergipe, através da 2° Promotoria de Justiça de Nossa Senhora da Glória, apura suspostas festas residenciais que têm provocado aglomeração e preocupação aos órgãos de controle e combate ao Coronavírus na capital do sertão.

A ouvidoria do órgão têm recebido diversas denúncias no sentido de investigar determinadas condutas incompatíveis com as recomendações das autoridades sanitárias e os decretos estadual e municipal.

Uma das denúncias está registrada na notícia de fato de N° 72.20.01.0060, que apura suposta aglomeração de pessoas sem nenhuma medida de segurança em um condomínio do Bairro Divineia, no dia 27 de junho, durante a Pandemia do novo Coronavírus.

Naquela ocasião, o município de Glória tinha 375 casos confirmados e 1 um óbito em decorrência da Covid-19. O último Boletim epidemiológico mostra que houve um aumento significativo. No balanço do dia 10/07, o registro era de 486 casos e 3 mortes.

Vale lembrar que o evento mencionado não é um fato isolado. Várias festas residenciais e o baixo índice de isolamento social têm provocado uma aceleração no número de registros, segundo os especialistas.

O MP poderá adotar medidas como a abertura de inquérito para investigar e posteriori pedir punição dos desobedientes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui